Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de julho de 2009

saudades tuas...


Tenho tantas saudades tuas! Saudades de ver esse brilho no olhar, saudades de ver esse sorriso magnífico! Saudades de tudo…
Tenho pena! Pena de não ter aproveitado ao máximo quando podia, pena de não ter feito mais cedo, mas de facto a culpa foi minha. Esta timidez… se não fosse tão tímida não tinha sido burra ao deixar para a última da hora. Só me apercebi que tinha que fazer quando reparei que ou era naquele dia ou não era em mais nenhum dia!
E lá tive coragem e fiz, mas um bocadinho tarde, porque agora se quero ver tenho que fazer 1001 coisas…
De facto não tenho sorte vou para lá e nos dias em que vou ele não vai, mas quando eu não vou ele vai!
Não sei o que mais! Quer dizer não posso fazer mais se não esperar ,acho eu!
De facto é algo que não tem explicação… é algo que só eu sinto e mais ninguém quando faço de tudo para ir com esperança de ver e não acontece o que queria!
Eu sei que não deve desistir, porque se é mesmo o que quero tenho que lutar, mas se continuar assim não sei se consigo. Pelo facto de não ir e pensar que ele pode estar lá…
Agora penso que tive tanta oportunidade e não soube aproveitar. Agora querias de volta e não as tenho. Agora digo que se soubesse que isto iria ser assim tinha aproveitado melhor as oportunidades que tive e quem sabe se não teria sido tudo diferente…
Sim! Estou a utiliza o “se”, sei que o que fiz feito esta e não posso mudar nada. Agora só o futuro dirá o que vai acontecer, mas até lá tenho que viver o presente doloroso, mas com uma esperança de algo acontecer. Porque eu não vou desistir!