Número total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de abril de 2009

nao passou de um sonho


Era uma rapariga, chamada lua. Era uma rapariga que dizia que agora ninguém amava ninguém. Ate um dia! Ela estava a trabalhava no café, e assim do nada apareceu um rapaz lindo. Ele era moreno, tinha olhos verdes lindos e um sorriso fantástico. Ela ficou imóvel, e nem tinha ouvido o seu pedido, parecia que não estava ali, pensava para si mesma que parecia um anjo vindo do céu. O rapaz começou a frequentar o café, e a lua começou a esperar pela sua ida ao café. Ela foi contar a sua amiga estrela, e disse quem era. Ela também ficou de boca aberta quando o viu, e disse que a ajudava. Partir desse dia a lua tinha motivos para ir trabalhar, só com aquela coisa de o ver outra vez. Todos os dias a mesma hora a lua e a estrela no café, a espera de ver algo.
A lua ficava tão contente de o ver, parecia que quando o rapaz entrava no café, ela ficava nas nuvens.
Ela era demasiado tímida para ir falar com ele, termia por todos os lados só de o ver, ficava com aquela ansiedade só de pensar que o ia ver e ficava triste se não o via.
Um dia a estrela disse para ela avançar, mas como a lua era envergonhada, estava com medo, mas também achou que já estava na altura de ir dizer algo a ele. Esperando que ele se fosse embora do café, para ir atrás dele e ir falar com ele. Termia por todo o lado, e quando ele foi para ao pé do carro, ela virou-se para ele e, perguntou se o podia conhecer. Tinha sido a primeira coisa que lhe tinha vindo a cabeça, ele lhe disse que sim, e nesse momento deu-lhe o número de telemóvel. Foi um momento mais especial da sua vida, foi partir de ai que começou a confiar em si mesma, saber controlar a ansiedade. Ela ficou tão feliz que, foi logo dizer a sua amiga estrela.
A lua estava cada vez mais apaixonada pelo rapaz, e isso foi um dos seus erros da sua vida, mal ela sabia o que lhe esperava. Um dia a estrela mandou um SMS ao rapaz, e ele respondeu que tinha namorada... foi o pior dia da lua. Ela foi falar com ele e, perguntou, ele disse que sim, e a lua perguntou se podiam ser amigos a mesma, e ele tinha dito com todo o prazer a lua. Quando ela ouviu isso da sua boca, ficou tão feliz, que não ligou ao assunto "namorada"...
e assim fez um amigo.
eles falavam, ate um dia...
Estava a lua, a ir para o café, quando esse rapaz sai de lá dentro e perguntou se estava tudo bem com ela, e com a sua irmã, elas disseram que sim. A lua aproveitou e Perguntou se não queria ir ao café, mas tinha dito que não podia ser. E ela não ligou muito. Bem ela sabia, que ia ser a ultima vez que ia falar com ele!
no outro dia quando a lua estava no café, um amigo do rapaz, disse-lhe que o rapaz tinha ido embora. A lua para não mostrar a sua parte fraca, não chorou a frente do amigo dele, mas ficou a pensar em muitas coisas. Quando chegou a casa disse a sua irmã, e ela disse que agora já percebeu porque na última vez que o viram ele só olhava para a lua, e percebeu que foi por “pena”.
Foi um dia muito difícil para a lua, ela nesse dia só chorava. Com tudo só ficou com as recordações e com um chapéu que ele andava sempre. Ela nunca mais teve noticias dele, e a medida que o tempo ia passando, ela ia se conformando com o que lhe tinha acontecido. Mas nunca mais esqueceu e nem esquecerá aquele rapaz que a fez sonhar e ver como é bom amar.